Conhecendo uma Usina Solar Sua Obra
Notícias

Aqui você encontra
novidades que acontecem
no Brasil e no mundo.

Imprimir

Conhecendo uma Usina Solar

Essa semana preparamos essa matéria exclusiva, com correspondente SuaObra na Europa, e vamos apresentar um pouco sobre usina solar no velho continente, mostrando seu funcionamento, algumas curiosidades e como isso pode melhorar a matriz energética de um país. O primeiro passo para melhorarmos, é apresentar que o Brasil hoje já possui lei específica que permite que você tenha no seu imóvel placas solares que produzam sua própria energia.

Solicite orçamento on line para placas solares.


Tipos de modelos em usina solar


Existem atualmente sendo empregados em usina solar 2 tipos de principais modelos: o através de tubos onde possuem fluido, chamados de “Concentrated Solar Power (CSP)”, e as placas fotovoltaicas (mais comum). Na Europa ambas tecnologias são utilizadas, e estudadas amplamente juntamente com a energia eólica, mas o modelo de placas fotovoltaicas possui hoje muito mais capacidade instalada de energia do mundo em relação ao modelo CSP. Na parte de geração de energia solar na Europa, especialmente na Espanha, onde nosso correspondente realiza estudos em uma universidade local, os 2 modelos vêm sendo amplamente utilizados, conforme investimento e diretrizes do país.

  


Concentrated Solar Power (CSP)


Os funcionamentos entre os dois modelos em usinas solares são distintos desde a produção das placas, até a produção de energia. Os modelos CSP (“Energia solar concentrada” em tradução livre) utilizam enormes espelhos parabólicos no formato de calha (Parabolic Troughs), que conforme se movimentam conforme a direção do solar para concentrar toda a energia nos tubos, aquecendo o fluido e assim movimentar a um gerador, para gerar a energia. Outras formas do CSP são através de refletores planos que direcionam o para um tubo receptor central, chamado de sistema “Linear Fresnel”, último temos o modelo “Central Receiver”, onde uma torre com fluido recebe toda a energia, e transforma em energia. A mais utilizada é do modelo “Parabolic Troughs”, que o correspondente da SuaObra visitou na Europa.

  

Solicite orçamento on line para placas solares.


Fotovoltaica


Sendo a mais utilizada na Europa, no Brasil e no mundo todo, quando se trata de capacidade instalada e comparada com o modelo CSP. O principal motivo dessa maior utilização é que essa tecnologia possui um sistema mais simples de geração de energia. As placas fotovoltaicas são feitas de um material semicondutor, o silício, toda a energia do sol (fóton) quando se choca com o material semicondutor gerando um deslocamento de elétrons, e assim é gerada a energia e armazenada em centenas de baterias existentes nas usinas solares fotovoltaicas.


Curiosidades


As usinas solares possuem algumas curiosidades que nosso correspondente trouxe até nós: a primeira delas sobre as placas, é que elas devem ser limpas semanalmente com a intenção de manter a maior eficiência, valendo para ambos os modelos, caso você tenha placas fotovoltaicas em seu imóvel, lembre-se de fazer essa limpeza constantemente. Junto a isso, para uma usina começar a gerar energia, é necessário de no mínimo 1 hora de incidência solar constante, no caso do modelo CSP isso é mais relevante, pois é necessário ter um mínimo de radiação para aquecer o fluido na temperatura correta.

  

Solicite orçamento on line para placas solares.

E aí, gostou da dica? Que tal deixar um comentário abaixo? Não esqueça de compartilhar em suas redes sociais e de ficar de olho em mais novidades para você. Até a próxima!

    https://www.instagram.com/suaobra.com.br/