Arquitetura russa: conheça os encantos! Sua Obra
Notícias

Aqui você encontra
novidades que acontecem
no Brasil e no mundo.

Imprimir

Arquitetura russa: conheça os encantos!

Além de sediar o maior evento do futebol, a Copa do Mundo de 2018, a Rússia guarda grandes curiosidades na sua arquitetura milenar. Uma das principais características da arquitetura russa se dá com as grandes transformações que passou devida as inúmeras guerras ocorridas e pelas trocas de poderes que aconteceram nesse período, criando uma quebra no estilo das cidades com um contraste presente em cada detalhe, e em cada rua das cidades russas. Para apresentar um pouco sobre as curiosidades a equipe do Sua Obra, separou algumas cidades entre as 11 cidades sedes dessa edição da Copa do Mundo.


Rússia


Grande parte do território a arquitetura russa é caracterizada pelas influências clássicas greco-romanas e orientais. Os principais traços são as cúpulas aparentes nos altos das edificações, e sustentadas por enormes torres, localizadas no centro e distribuídas de forma radial, mostrando o volume e o poder engradecidos naquela época. Os luxos das edificações não são mostrados na parte exterior, e ficam na parte interior com presença de ouro e conquistas na guerra. Na parte externa a presença as construções também ganham robustez com grandes portões de bronze, e esculturas aos redores.

  
Moscou


A principal obra da arquitetura russa dessa cidade é a Catedral de São Basílio, construída entre 1555 e 1561. Sua localização na Praça Vermelha, já mostra uma das características radiais da arquitetura do país da Copa. As grandes cúpulas e torres finalizam a composição da grandiosidade que é dada em todas as construções antigas da Rússia. Sendo localizados dois estádios o Estádio Luzhniki e o Estádio do Spartak, ambos possuem uma referência histórica e foram recém reformados.

  
São Petersburgo


Fundada no início do século XVIII, sua arquitetura possui forte relação com o barroco, rococó e o classicismo, devido à época política que a Rússia passava no período de fundação. Esse estilo leva ao aparecimento de uma mistura entre elementos de elementos da arquitetura ocidental e da arquitetura russa citadas anteriormente. O estádio utilizado para a copa é o Zenit Arena, construído no lugar do antigo Estádio Kirov.

  
Sochi


Sendo um dos legados da última olimpíada de inverno, guarda a arquitetura tradicional russa, mas unida com a modernidade nos dias atuais. Criando um contraste e combinação entre esses dois tipos, o estádio Fisht Stadium mostra essa grande modernidade presente na cidade.


Kazan


Longe da modernidade de Sochi, Kazan guarda uma arquitetura russa milenar, que os turistas podem aproveitar com temperaturas baixas, e conviver com uma autentica cidade russa. Na Copa do Mundo de 2018 ela estará presente com seu estádio Arena Kazan.

  

  
Volgogrado


Uma grande cidade histórica da Rússia, que foi palco da conhecida batalha de Stalingrado. Sua arquitetura remete aos acontecimentos dessa batalha, ao passear pela cidade você encontra diversas obras com a tradicional arquitetura russa e com vestígios de obras decorrentes da batalha, além de monumentos que remetem em contar a história daquele acontecimento e da região. Seu estádio nesse mundial é Volgogrado Arena, que durante o período de obras, existem registros sobre encontrar objetos pertencentes a guerra.

E aí, gostou da dica? Que tal deixar um comentário abaixo? Não esqueça de compartilhar em suas redes sociais e de ficar de olho em mais novidades para você. Até a próxima!

    https://www.instagram.com/suaobra.com.br/